Móveis planejados para quem é “PET LOVER”

Os pets (animais de estimação) estão cada vez mais presentes e fazendo parte da vida das famílias. Sendo assim, é preciso pensar em adaptações que tragam conforto e atendam às necessidades desses integrantes tão especiais. Essas adaptações estarão refletidas principalmente no tipo dos móveis a serem escolhidos, na melhor posição e na escolha adequada do material.

Mesmo para quem mora em ambientes pequenos, como apartamentos ou casas com pouco espaço, é importante criar um cantinho somente para o pet. Alguns veterinários aconselham ainda que sejam definidos lugares distintos onde o animal irá descansar, comer e usar como banheiro.

Pensando nessas necessidades, o mercado de móveis planejados adaptados para pets tem crescido e é cada vez mais comum encontrar vários tipos de móveis e acessórios decorativos próprios para animais de estimação ou que estejam incorporados de maneira harmônica com o restante da decoração.

 

Móveis para ração e água

A hora dos pets se alimentarem é muito importante e, para unir o útil ao agradável, móveis planejados com espaço tanto para as refeições como para guardar os respectivos suprimentos podem facilitar e muito o seu dia a dia.

Use e abuse da criatividade na hora de projetar seu móvel: embutido em gavetas, junto a algum móvel já existente (como ilha de cozinha, aparador, racks) ou até criar um móvel especialmente para isso.

 

Móveis que servem como cama

O ideal é que, por questões de higiene, o seu bichinho tenha uma cama própria para dormir, com almofada, colchonete, cesto ou manta para que ele se mantenha sempre confortável e mais aquecido nos dias frios.

 

Organização

Seu animal possui objetos pessoais assim como você. Por isso, tenha um espaço para guardar brinquedos, remédios, roupinhas e acessórios. Você pode escolher algumas gavetas e separar tudo isso por categorias.

É importante lembrar que a adaptação dos móveis deve ser feita de maneira a garantir maior conforto para o seu animal. Dessa maneira, fatores como a segurança e saúde do pet devem ter prioridade em relação à parte estética do ambiente.

 

Gostou do nosso conteúdo? Então compartilhe com os amigos em suas redes sociais.

 

Gostou? Compartilhe!